Jovem Aprendiz Conpasul 2016 - R$ 504,00 - Estrela - RS

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Você jovem, já pensou em começar sua carreira em uma das maiores empresas do Brasil? Então confira como inscrever-se a uma vaga no Jovem Aprendiz Conpasul em 2016.

Requisitos do Jovem Aprendiz Conpasul 2016:

Escolaridade Mínima: Ensino Médio (2º Grau)
Possuir carteira de trabalho; ter disponibilidade para trabalhar meio turno; estar estudando ensino regular e não ter realizado anteriormente o Programa de Jovem Aprendiz.

Jornada de trabalho: De Seg. à Sex. (meio turno somente).

Benefícios do Jovem Aprendiz Conpasul 2016:

SAIA NA FRENTE! Confira os processos seletivos das maiores empresas do Brasil para 2017.
Banco do Brasil Bradesco Boticário
Caixa Coca-Cola Correios
CIEE Nestlé Petrobras
Itaú Senac Senai

Assistência médica, Seguro de Vida, Vale-transporte

Como se inscrever e concorrer a uma vaga na Conpasul 2016:

Se você se interessou e gostaria de concorrer a uma vaga de Jovem Aprendiz em 2016 na Conpasul,acesse o site http://www.infojobs.com.br/vaga-de-jovem-aprendiz-em-rio-grande-do-sul__5072977.aspx e faça sua inscrição. 

Conpasul

Há 30 anos, a Conpasul marca forte presença no Rio Grande do Sul, auxiliando no desenvolvimento do Estado e seus municípios, prestando serviços de qualidade em britados, concretagem e pavimentação.

A Conpasul iniciou suas atividades em 1º de agosto de 1984. Objetivando o beneficiamento de pedra basáltica, instalou um complexo de britagem no município de Estrela. No ano de 1988, sentindo a possibilidade de expansão e aumento da cadeia de produção da brita, foi criada a filial I em Lajeado, primeira Central Dosadora de Concreto do Vale do Taquari.

Em 1993, em mais um grande e arrojado empreendimento, a Conpasul começa a atuar na prestação de serviços de terraplenagem e pavimentação asfáltica, buscando mais uma atividade da construção civil ligada ao consumo de brita. Dessa forma, foi instalada a Usina de Asfalto no município de Estrela.

O ano de 1995 também é um ano importante na área de concreto, pois no dia 5 de setembro é inaugurada a nova unidade na cidade de Santa Cruz do Sul. Na oportunidade, a empresa inovava na qualidade e avanço dos equipamentos, trazendo o que havia de mais moderno no mundo em termos de centrais dosadoras de concreto. Dotada de tecnologia europeia, a filial II era, na época, a mais moderna da América Latina, agregando todo o conceito de qualidade do nome Conpasul.

Em 1998, a unidade de Lajeado foi também modernizada, ganhando novo sistema de pesagem de agregados e nova central eletrônica, com muito mais precisão e segurança. Também foram instalados, em todas as centrais, silos para uso de areia artificial, produto disponível na própria empresa e de maior performance técnica em termos de resistência do concreto.

Em 1º de junho de 1998 foi criada mais uma unidade na cidade de Vera Cruz, voltada à produção e fornecimento de CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente). A filial IV tinha como objetivo principal o de atender a Região do Vale do Rio Pardo.

Em 20 de outubro de 1999, é inaugurada a Filial III, na cidade de Venâncio Aires, com instalação de uma Central Dosadora de Concreto, para atender as praças de Venâncio Aires, Taquari e Montenegro.

Na virada do século, a Conpasul promove uma significativa expansão do seu mercado de abrangência rumo à Região Central e Carbonífera, com a aquisição de instalações de britagem, fundando a Filial V em Butiá e a Filial VI em Itaara.

Já no ano de 2001, a Conpasul passa a atuar na construção de Hidrelétricas, tendo como primeira obra a Hidrelétrica Salto Forqueta, localizada na divisa dos municípios de São José do Herval e Putinga. Dessa forma, instala uma nova Central de Concreto em São José do Herval para atender a demanda desta obra. Em 2002, a empresa ingressa no segmento de saneamento, com as obras da Corsan, em Carazinho, Butiá e Passo Fundo.

No ano de 2004, a Conpasul, baseada na qualidade de seu produto e seguindo a forte demanda proveniente da capital do Estado e da Região Metropolitana do Rio Grande do Sul, instala a sua sétima filial em Eldorado do Sul, objetivando oferecer soluções em concreto para Eldorado do Sul e Grande Porto Alegre. No final de 2004, a empresa criou o Centro Administrativo, localizado na cidade de Estrela.

Em 2005, foi criado o Centro Tecnológico. Este tem como objetivo realizar análises técnicas e pesquisas, desenvolver produtos novos e acompanhar projetos em obras. Estas atividades são monitoradas por profissionais da área.

Em 2006, foi instalada mais uma Central Dosadora de Concreto, desta vez na Região Norte, no município de Soledade, com a finalidade de atender demandas da região norte do Estado.

Já em 2012, foram criadas duas Centrais Dosadoras de Concreto, uma no município de Rio Grande e outra em Carazinho. No mesmo ano, no dia 16 de março, entra em funcionamento mais uma unidade na cidade de Maquiné (Osório), voltada à produção e fornecimento de CBUQ para a região litorânea.

Lei da Aprendizagem

Nº 10.097/2000, ampliada pelo Decreto Federal nº 5.598/2005. Determina que todas as empresas de médio e grande porte contratem um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15% do seu quadro de funcionários cujas funções demandem formação profissional.

No âmbito da Lei da Aprendizagem, Jovem aprendiz é o jovem que estuda e trabalha, recebendo, ao mesmo tempo, formação na profissão para a qual está se capacitando. Deve cursar a escola regular (se ainda não concluiu o Ensino Médio) e estar matriculado e frequentando instituição de ensino técnico profissional conveniada com a empresa.

Quem pode ser Jovem Aprendiz 2016

Jovens de 14 a 24 anos incompletos que estejam cursando o ensino fundamental ou o ensino médio. A idade máxima prevista não se aplica a aprendizes com deficiência. A comprovação da escolaridade de aprendiz com deficiência mental deve considerar, sobretudo, as habilidades e competências relacionadas com a profissionalização.

Jornada de Trabalho do Jovem Aprendiz 2016

A jornada de trabalhodo Jovem Aprendiz não deve ser superior a seis horas diárias, admitindo-se a de oito horas para os aprendizes que já tiverem completado o Ensino Médio, se nessa jornada forem computadas as horas destinadas à aprendizagem teórica.

Benefícios do Jovem Aprendiz 2016

O contrato de aprendizagem é um contrato de trabalho especial, com duração máxima de dois anos, anotação na Carteira de Trabalho e Previdência Social, salário mínimo/hora e todos os direitos trabalhistas e previdenciários garantidos.

aprendiz contratado tem direito a 13º salário e a todos os benefícios concedidos aos demais empregados. Suas férias devem coincidir com o período de férias escolares, sendo vedado o parcelamento.

Como se inscrever no Jovem Aprendiz 2016

Cada empresa tem sua forma de inscrição. Clique aqui e digita o nome de sua cidade, ou empresa e veja vagas abertas próximo a você!