Concurso Sargento Marinha 2016: Ambos os Sexos - Salário R$ 3.890,00

Com a intenção de selecionar profissionais de nível médio para ingressar no Curso de Formação de Sargentos Músicos, o Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais (CPesFN) lançou um novo concurso 2016.

Requisitos Concurso Marinha 2016

Além do diploma de nível médio completo ou curso equivalente, o candidato para o curso de sargento da Marinha 2016 também deverá comprovar idade entre 18 e 24 anos e altura entre 1,54m e 2,00m. As vagas são para 36 profissionais de ambos os sexos, sendo que haverá reserva para candidatos com necessidades especiais.

Os convocados vão ingressar no curso durante o ano de 2017, com duração prevista de 18 semanas. O regime será de internato e com dedicação exclusiva até a formatura.

Para ajudar nos custos pessoais, os selecionados terão direito a quantia de R$ 850,00 por mês. Após aprovação no curso, o Praça Especial será contemplado com um salário inicial no valor de R$ 3.890,00.

As oportunidades são para as seguintes áreas: Euphonium em Dó, Clarinete Contrabaixo em Sib, Clarone em Sib, Clarinete em Mib, Flauta Transversal em Dó, Saxofone Baritono em Mib, Saxofone Tenor em Sib, Oboé em Dó, Saxofone Alto em Mib, Trompete em Sib, Trompa em Fá, Tímpanos, Tuba em Sib, Trombone Tenor em Dó e Percussão/Bateria Completa.

A seleção se dará por meio das seguintes etapas:

Exame de Escolaridade;
Prova Prática de Música;
Inspeção de Saúde;
Verificação de Dados Biográficos;
Teste de Suficiência Física;
Exame Psicológico;

Analise de Documentos.

Como se inscrever no Concurso de Sargento da Marinha 2016

As inscrições para o concurso sargento da Marinha 2016 serão recebidas entre os dias 22 de fevereiro e 22 de março de 2016, pelo seguinte portal: http://www.mar.mil.br/cgcfn/, mediante pagamento no valor de R$ 44,00, referente à taxa de participação.

A primeira etapa do concurso, que consiste no Exame de Escolaridade, será realizada no dia 21 de maio de 2016. O local de aplicação deverá ser indicado pelo candidato no momento da inscrição.

 

Lei da Aprendizagem

Nº 10.097/2000, ampliada pelo Decreto Federal nº 5.598/2005. Determina que todas as empresas de médio e grande porte contratem um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15% do seu quadro de funcionários cujas funções demandem formação profissional.

No âmbito da Lei da Aprendizagem, Jovem aprendiz é o jovem que estuda e trabalha, recebendo, ao mesmo tempo, formação na profissão para a qual está se capacitando. Deve cursar a escola regular (se ainda não concluiu o Ensino Médio) e estar matriculado e frequentando instituição de ensino técnico profissional conveniada com a empresa.

Quem pode ser Jovem Aprendiz 2016

Jovens de 14 a 24 anos incompletos que estejam cursando o ensino fundamental ou o ensino médio. A idade máxima prevista não se aplica a aprendizes com deficiência. A comprovação da escolaridade de aprendiz com deficiência mental deve considerar, sobretudo, as habilidades e competências relacionadas com a profissionalização.

Jornada de Trabalho do Jovem Aprendiz 2016

A jornada de trabalhodo Jovem Aprendiz não deve ser superior a seis horas diárias, admitindo-se a de oito horas para os aprendizes que já tiverem completado o Ensino Médio, se nessa jornada forem computadas as horas destinadas à aprendizagem teórica.

Benefícios do Jovem Aprendiz 2016

O contrato de aprendizagem é um contrato de trabalho especial, com duração máxima de dois anos, anotação na Carteira de Trabalho e Previdência Social, salário mínimo/hora e todos os direitos trabalhistas e previdenciários garantidos.

aprendiz contratado tem direito a 13º salário e a todos os benefícios concedidos aos demais empregados. Suas férias devem coincidir com o período de férias escolares, sendo vedado o parcelamento.

Como se inscrever no Jovem Aprendiz 2016

Cada empresa tem sua forma de inscrição. Clique aqui e digita o nome de sua cidade, ou empresa e veja vagas abertas próximo a você!